Manejo Correto No Pré-Parto E Vacas Leiteiras Mais Produtivas

vacas leiteiras do Brasil
Publicado em: Agropecuária , Gado de Leite , Pecuária Leiteira , Reprodução Bovina , Saúde Bovina , Vaca ,

A gestação é um processo crítico na vida das vacas leiteiras. Durante a preparação para o parto, o corpo das vacas passa por transformações drásticas que, quando não assistidas, podem causar baixa produtividade e até levar as vacas de leite a óbito.

Por isso, o manejo adequado principalmente no período seco, também chamado de pré-parto, é muito importante.

Anunciar grátis no Mercado Fertili

Anunciar grátis no Mercado Fertili

Entenda Melhor o Período Seco

vacas leiteiras de alta produção

Numa gestação são comuns os períodos em que determinadas alterações ocorrem no organismo gestante. Essas alterações metabólicas e orgânicas culminam no parto. Para as vacas leiteiras, o período mais crítico de todos é o seco.

Durando aproximadamente dois meses, esta fase também é conhecida como pré-parto e é caracterizada pela preparação das células da glândula mamária para a produção de leite e pelo desenvolvimento acelerado do feto.

Prevenção De Doenças No Período Seco

É no período seco que as vacas leiteiras devem receber a ‘terapia da vaca seca’. Neste tratamento, antibióticos são administrados para evitar doenças comuns, como a Mastite.

Por ser altamente contagioso, todo cuidado é pouco ao prevenir o rebanho contra o distúrbio. Mastite causa lesões graves nas tetas e no úbere e o leite perde a qualidade, passando a ter secreções e grumos. No entanto, os casos de Mastite variam em gravidade. Podendo causar desde febre e queda no volume de leite até a morte da vaca acometida. A mastite representa um dos maiores vetores de prejuízos para a produção leiteira.

Dieta Balanceada e Vacas De Leite Mais Produtivas

Vacas da pecuária de leite

Um dos fatores que mais determina a segurança do parto e a qualidade da produção é o peso das vacas.

Se Atente À Dieta!

  • Balanceie os níveis de proteína, energia, fibra e minerais no pré-parto.
  • Faltando de 20 a 30 dias para o parto, reduza os níveis de sal branco e cálcio. Esta é uma forma de evitar a febre do leite e o edema do úbere.
  • No pós-parto, as vitaminas A, D e E são as mais necessárias, especialmente nos animais manejados em confinamento.

Atente-se À Adequação Do Peso Das Vacas Para o Parto 

Se a vaca de leite estiver muito gorda, o excesso de gordura pode danificar o tecido excretor de leite. O peso exagerado pode causar danos no casco da vaca. Por outro lado, se a vaca parir muito magra, perderá ainda mais peso durante a lactação e haverá a redução do desemprenho produtivo.

Anunciar grátis no Mercado Fertili

Anunciar grátis no Mercado Fertili

Por isso, no manejo, o pecuarista deve oferecer uma dieta balanceada para vacas leiteiras nos períodos secos, a fim de atingir um peso específico. O melhor peso para o parto varia entre os 450 e os 550 kg de raça para raça.

Manejo Das Vacas Na Lactação: Pós-Parto

Pós-parto das vacas leiteiras

Após o parto, ocorrem mais ou menos 305 dias de produção de leite, com picos de produtividade entre os primeiros 45 e 60 dias.

Porém, a duração da lactação varia. Especialmente em raças como a vaca Holandesa, e animais Jersey, além de raças melhoradas para terem um período produtivo maior (ver mais).

Vacas criadas a pasto podem produzir até 30 kg de leite por dia com um manejo adequado. Pasto rotativo e quantidade correta de concentrado, são pontos importantes para uma produtividade alta.

O que também implica no manejo das vacas de leite no pós-parto são as práticas do pecuarista durante a ordenha. Conferir a saúde do úbere e higienizar as tetas antes e depois da retirada do leite são atitudes simples, mas muito significativas.

 Vacas Leiteiras Monitoradas

Como vimos, os cuidados com o peso, a prevenção de patologias e a dieta das vacas são importantes. Afinal, eles implicam na produtividade e no bem-estar animal.

Mas se você acha muito difícil obter controle, nada melhor que um sistema de gerenciamento de rebanhos. Pois mesmo as vacas criadas em confinamento serão melhor monitoradas se forem cadastrados em um dispositivo de controle do manejo.

Por Isso, A Dica De Hoje É: Use O Aplicativo De Gerenciamento E Manejo Fertili!

Com ele você poderá ter a noção real da saúde das vacas antes, durante e após o parto. O monitoramento da Fertili garante que as vacas leiteiras se recuperem adequadamente da gestação e da lactação e fiquem aptas para o parto seguinte. Conte com a Fertili para garantir fluidez da cadeia produtiva e controle sobre o rebanho leiteiro.