Somos Todos Agro. Inclusive Você.

agronegócio brasileiro
Publicado em: Agricultura Familiar , Agronegócio , Agropecuária , Bovinocultura , Cadeia Produtiva Pecuária , Caprinocultura , Equinocultura , Exportação do Gado , Extensão Rural , Gado de Corte , Gado de Leite , Gestão Rural , Haras , Ovinocultura , Pecuária Leiteira , Pecuária de Corte ,

Agronegócio - Um Esclarecimento

O agronegócio brasileiro

Talvez você, conectado ao celular ou ao notebook, no ponto de ônibus ou no intervalo das aulas da faculdade, já tenha torcido o nariz para o prefixo agro. Talvez, você tenha ouvido muitas histórias sobre o agronegócio e até lido sobre. Apenas supondo tudo isso, queremos apresentar para você um novo ponto de vista. Vamos lá?

O que é Agronegócio?

A definição mais técnica para agronegócio é a seguinte: agronegócio é a junção de vários negócios relacionados à agricultura e pecuária.

Apenas neste primeiro momento, já podemos perceber que não só de grandes latifundiários vive o agronegócio. Pois, se de um lado existe o agricultor de pequeno porte que emprega e alimenta os brasileiros, por outro existem os grandes do setor agropecuário que exportam, fomentam a tecnificação e o desenvolvimento de tecnologia no campo. E todos estes empreendimentos, grandes e pequenos, se movimentam em cadeia, formando agronegócio.

Para Entender Melhor o Agronegócio

Agronegócio e agropecuária

Se você pensar no agronegócio como uma corrente perceberá muitos elos. Estes elos serão todos aqueles negócios relacionados à agropecuária.

Um dos elos do agronegócio é a indústria e o comércio de insumos para a produção rural. Apenas aqui estão inclusos todos os institutos de pesquisa, fábricas, distribuidoras e lojas que se envolvem com a produção e comercialização de insumos agropecuários: fertilizantes, defensivos e equipamentos mecânicos ou digitais que ajudam na lida rural.

Outro elo é formado por fazendas e demais propriedades com foco na agricultura e pecuária. Sem exceção! Produtoras de leite, carne, cana de açúcar, grãos, leguminosas, frutas, verduras e matérias primas. De grande, médio e pequeno porte. Propriedades tecnificadas, rústicas e orgânicas.

O último elo é composto por todos os processos que acontecem fora das porteiras. Transporte de produtos agrícolas, beneficiadoras, fábricas de alimentos ou de outros produtos que utilizam matérias primas provenientes da agropecuária, laboratórios, feiras livres, açougues, restaurantes, supermercados e você: consumidor final.

Olhe ao redor

E aí, já deu para perceber que o agronegócio não é apenas responsável pela produção da picanha do churrasco? O agronegócio também é responsável pela cervejinha na mesa do bar, pelo cafezinho matinal de quem acorda cedo para trabalhar, por parte da fabricação do seu creme dental e também por aqueles biscoitos que você come no intervalo das aulas.

Mesmo de forma indireta, todos esses produtos precisam do agronegócio em algum momento da cadeia de produção. Por isso, o agronegócio é tão complexo e necessário. Porque você se insere nele sem ao menos perceber.

Todos Nós Formamos o Agronegócio

Gestão de agronegócios

Portanto, se por acaso você costuma atribuir ao termo “agronegócio”, significados pejorativos, sem compreender a sua complexidade, cuidado!

Você pode estar desdenhando da história de Seu José que vende tomates na feira e descobriu que, com o uso de fertilizantes, não vai mais perder metade de seu trabalho em um período de seca. Da caminhada de Caio que se formou em Agronomia para ajudar o pai e começou a usar um aplicativo que facilita o controle da fazenda. Está criticando também o trabalho de Alessandra que começou a criação de ovinos e conta com financiamento para ampliar a estrutura da sua propriedade.

Entende que não é justo atribuir à coisas complexas e multiformes valores únicos e maniqueístas de “do bem” ou “do mal”? Se José, Caio e Alessandra são o agronegócio, porque você não seria? Se por um lado eles oferecem seu trabalho agro, você recebe os produtos agro!

Agronegócio Fiscalizado

Bom, acho que já deu para ver que o agronegócio é importante.

E é por causa dessa importância que todas as propriedades de atividade agropecuária passam por intensa fiscalização. Tudo é fiscalizado, desde a contagem de animais, à forma de manejo, condições das lavouras, usos dos recursos hídricos e condições de trabalho.

As medidas de fiscalização são comandadas pela Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) de cada estado, Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Sefaz (Secretaria da Fazenda), além dos vários Ministérios relacionados ao agronegócio e todos os órgãos de agrodefesa.

Quem Nos Segura é o Agronegócio

A pecuária leiteira no agronegócio

Com tanta grandeza, fiscalização e importância, os resultados são claros. Números altos e grandes conquistas são alcançados todos os anos pelo agronegócio. Veja esses dados referentes ao ano de 2017.

Exportação

No Brasil o agronegócio representou naquele ano impressionantes 23,5% do PIB (Produto Interno Bruto). Foram exportadas mais de 190 milhões de toneladas de grãos brasileiros e a expectativa para 2018 é de aumento de 15%. Em 12 meses de trabalho o Brasil embarcou mais de 1 bilhão de toneladas de carne bovina in natura. Tudo graças à nossa agricultura e pecuária bem estruturada.

Território

As lavouras ocupam 7,6% do nosso território. São mais de 65 milhões de hectares, o que é pouco se comparado à países como Irlanda e Dinamarca. No entanto, ainda assim conseguimos produzir frutas, verduras e grãos em abundância. Falando de alimentos muito presentes no prato dos brasileiros, o Brasil faturou mais de 17,5 bilhões de reais com produção de batatas e tomates.

Empregos

Sobre os empregos, sabe-se que o agronegócio emprega mais de 19 milhões de pessoas. Desse número, mais de 11 milhões são empregadas pela agricultura familiar.

Percebem? São números representativos que apontam para uma verdade: o agronegócio é o principal setor econômico do Brasil e isso é motivo de orgulho.

Joio ou Trigo? Vamos Separar!

Agronegócio como base econômica

Contudo, infelizmente, ervas daninhas crescem em todos os setores. E não queremos aqui isentar condutas que degradam o meio ambiente, corrompem a dignidade da lida rural e desumanizam os homens que trabalham no campo.

Porém, o que não é viável para o funcionamento da nossa economia, tão sofrida nos últimos tempos, são pessoas tomando como regra as exceções que vão contra a índole e a honestidade e atribuírem a todo um complexo de funcionamento e existência uma única conduta predadora e maligna.

Por um Agronegócio Ainda Melhor

Você quer lutar contra as condutas indevidas no agronegócio? Então vamos todos juntos! Contanto que não deixemos que a desinformação crie estereótipos que deterioram a cultura sertaneja, mistificam os grandes produtores da agricultura e pecuária e desmerecem os pequenos produtores que estão em busca de melhores condições de trabalho. O agronegócio já está dando muito orgulho para o nosso Brasil. Somos nós, homens do campo que ajudamos no desenvolvimento da nação, através de nossas enxadas, tratores, das mãos sujas de terra e da labuta de manhã cedinho para manejar os bichos.

A Fertili apoia o agronegócio e acredita principalmente numa pecuária moderna e eficaz. Que o agronegócio seja produtivo, sadio e possibilite vidas dignas no campo e mesas fartas por todo o Brasil.