Desmame Precoce na Pecuária de Corte Vale a Pena?

Desmame Precoce na Pecuária de Corte Vale a Pena?
Publicado em: GADO DE CORTE REPRODUÇÃO BOVINA PRODUÇÃO FAZENDA DE CRIA BEZERRO

Aumentar a taxa de desmame é um dos objetivos principais das fazendas de cria. Por isso, produtores devem buscar técnicas de manejo e gestão para esse fim. Uma das principais técnicas pode deixar muitos pecuaristas em dúvida: o desmame precoce de bezerros. Essa estratégia realmente aumenta a produtividade? É isso que vamos tentar responder neste artigo.

Estudos sobre desmame precoce na pecuária de corte

Bezerro nelore desmamado

A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) tem setores de pesquisa especializados em gado de corte. Um estudo realizado por duas dessas subdivisões averiguou em fazendas de cria, que praticam o desmame precoce, um aumento de até 20% na produtividade das vacas. 

Esse aumento está relacionado à taxa de prenhez das matrizes e ocorreu sem que houvesse prejuízo na nutrição dos bezerros. Pelo contrário, a manutenção do peso seguiu adequada para as finalidades de recria e engorda.

Desmame precoce e escore corporal

Nas fazendas do Mato Grosso, a maior vantagem gerada pela prática do desmame precoce foi a melhora no escore corporal das vacas reprodutoras. Pois vacas que produzem leite por muito tempo perdem peso e por isso, entram em balanço energético negativo. O que faz com que elas demorem mais para se recuperarem e emprenharem novamente. 

Com a técnica, fazendas que antes possuíam uma taxa de prenhez de cerca de 70%, subiram para a casa dos 90%. O que acontece é que, diferente de uma desmama normal, que leva cerca de 8 meses, os bezerros desmamados precocemente são amamentados somente por 110 dias. A economia de tempo acelera o retorno da vaca aos níveis corporais de peso ideais para voltar a emprenhar.

Segundo os estudos recentes da Embrapa, fazendas que praticam o desmame precoce conseguem colocar as matrizes em ciclo reprodutivo em até 45 dias após o desmame.

Os custos do desmame precoce

Suplementação para bezerro de corte

Praticar o desmame precoce não é barato. Mas do ponto de vista da gestão, a técnica é um investimento de longo prazo. Pois, ao praticar o desmame precoce, você vai investir na fase inicial da cria, para maximizar os lucros na venda dos bezerros mais pesados.

Para o produtor que faz ciclo completo, também é vantajoso. Afinal, ele vai ter um rebanho que engorda mais rápido. 

Suplementação para bezerros desmamados precocemente

Ainda falando sobre custos...

O principal custo de uma fazenda que faz desmame precoce é com ração e suplementação para os bezerros. Pois é importante regular a quantidade de suplementação:

  • 1% do peso vivo para bezerros que tiveram bom desempenho no período de amamentação;
  • 1,2% do peso vivo para aqueles com desempenho inferior.

Contudo, esses valores devem ser reajustados a cada quinze dias. Por isso, é fundamental fazer uma boa administração do manejo nutricional desses bezerros, organizando a equipe de peões para acompanhar o ganho de peso.

É possível manter bezerros em desmame precoce a pasto?

Sim, é possível colocar os bezerros desmamados para pastar após cerca de 4 meses de suplementação constante. Mas apenas se eles estiverem saudáveis e tiverem ingerido o colostro adequadamente.

Gestão do manejo de desmame precoce

Rebanho de bezerros nelore

Além do planejamento, o que mais é necessário para começar a implantar o desmame precoce? Bom, uma boa ferramenta de gerenciamento da pecuária. Pois, mais importante do que implementar a técnica é saber se ela está dando o resultado esperado. Inclusive, a própria Embrapa recomenda que os produtores façam lotes de teste e gerenciem o manejo do começo ao fim, controlando o desenvolvimento dos bezerros com:

  • Datas;
  • Identificação animal;
  • E registro dos números do rebanho.

Como fazer a gestão correta do manejo de desmame?

O primeiro passo para fazer a boa gestão é utilizar uma ferramenta que facilite a captação dos dados pelos peões na hora do manejo. O Fertili 360 é um exemplo de ferramenta que faz toda a gestão da fazenda de cria e você pode testá-lo clicando aqui.

Esses são os pontos principais para fazer a boa gestão do manejo de desmame:

  • Registro da data e do peso dos bezerros no início do desmame;
  • Controle das quantidades de suplementação ofertadas aos bezerros;
  • Gestão dos lotes em piquetes quando colocar os bezerros no pasto;
  • Controle do dinheiro investido no desmame para saber a taxa de retorno.

As soluções em gestão pecuária da Fertili

A Fertili entende de gestão pecuária e oferece duas oportunidades para o produtor de cria que quer gerenciar a propriedade com mais eficiência: o Fertili 360 e a Metodologia 360. A primeira você já conhece, mas essa última ainda não. Ela é um treinamento de gestão voltado para a pecuária de precisão. Além disso, é gratuito e você pode acessá-lo clicando aqui.