Suplementação proteinada para gado de corte - um guia rápido

Suplementação proteinada para gado de corte - um guia rápido
Publicado em: NUTRIÇÃO DO GADO SUPLEMENTAÇÃO

A suplementação proteinada é uma ótima saída para garantir o bom desempenho do gado de corte durante o ano inteiro. Ela é utilizada para disponibilizar o Nitrogênio na alimentação do rebanho bovino. Seu principal objetivo é suprir os bovinos adequadamente, principalmente quando as forragens não apresentam um alto valor nutritivo.

Quer saber como garantir a produtividade do seu gado ao longo de todo o ano? Continue com a Fertili nessa leitura!

A suplementação proteinada na nutrição do gado

O abate é o principal objetivo quando falamos sobre a criação de bovinos para produção de carne. Contudo, para que o animal obtenha o peso ideal de abate, é necessário suprir todas as exigências nutricionais.

O que não é tão fácil assim de se fazer. Aliás, como animais ruminantes (que possuem rúmen), os bovinos possuem necessidade de um suprimento nutricional maior. Afinal, o rúmen funciona como um “segundo estômago”.

Ou seja, água, energia, proteína, minerais e vitaminas só são algumas das exigências mais básicas. Além delas, ainda existem exigências específicas de fibras necessárias para o bom funcionamento do trato digestório.

Diante disso, a exigência proteica é de fundamental importância. Afinal, as proteínas atuam na manutenção do funcionamento do ambiente ruminal, mantendo o processo fermentativo dos microrganismos ruminais. No entanto, essa exigência varia em função de fatores como: raça, peso vivo, categoria, estado fisiológico (cria, recria ou engorda), uso de promotores de crescimento e fatores ambientais.

O nitrogênio na suplementação proteinada

Bom, o metabolismo do nitrogênio no rúmen pode acontecer de 2 formas:

  1. Degradando a proteína da dieta, mediada pela atividade proteolítica dos microrganismos do rúmen;

  2. Sintetizando a proteína microbiana no rúmen a partir da energia disponível durante a fermentação de carboidratos.

Portanto, existem dois tipos de proteína: a oferecida na dieta e a produzida pela microbiota ruminal. Podemos diferenciá-las também como PDR (Proteína Degradável no Rúmen) e PNDR (Proteína Não Degradável no Rúmen).

A flora do rúmen é capaz de transformar o NNP (Nitrogênio Não Proteico) em proteína. Isso só é possível, pois na fermentação ruminal a microbiota consegue quebrar compostos com NNP em amônia, formando carboidratos e, consequentemente, resultando em proteínas. Para realizar essa atividade, deve-se disponibilizar nitrogênio de forma adequada, pois, caso contrário, as bactérias apresentarão deficiência proteica.

Como incrementar nitrogênio na dieta do gado?

Para suplementar o rebanho com NNP, podem ser utilizados: ureia, sais de amônia e produtos amoniatados (subprodutos enriquecidos). Porém, a melhor maneira de incrementar energia na dieta do gado de corte é por meio da proteína verdadeira.

A utilização da suplementação proteinada de NNP visa a economia, pois possibilita redução de custos na criação. Principalmente no período das secas - quando as forragens apresentam menor valor nutritivo.

A principal fonte utilizada é a ureia, que serve para garantir a manutenção do peso corporal dos animais no período da seca e é considerada como a fonte mais barata.

A suplementação proteinada também pode trazer prejuízo

É isso mesmo! Mas isso só vai acontecer se a estratégia de suplementação for utilizada de forma inadequada. A ureia, por exemplo, quando ofertada em grandes quantidades ou para animais magros e/ou sem período de adaptação, pode provocar um processo de intoxicação, causando até mesmo a morte do animal. Por isso, fique atento: a utilização da ureia deve ser de no máximo ⅔ da PDR.

Além disso, a PDR deve constituir de 12 a 13% do NDT (Nutrientes Digestíveis Totais). Esse é um aspecto importante, pois quando fora dessa média, dois impactos negativos podem ocorrer. São eles:

  • PDR em excesso - o Nitrogênio se acumula no sangue e, na tentativa de excretar essa substância, o organismo gasta energia que poderia ser utilizada para a produção animal;
  • PDR em falta - capaz de causar redução no consumo de alimento e desempenho animal.

Qual é a necessidade da suplementação proteinada no período das secas?

O período das secas dificulta o desenvolvimento das forragens e isso tem impacto direto na alimentação do gado. É nesse período que os animais apresentam deficiência de proteína e energia. Por esse motivo, é recomendada a utilização da suplementação proteinada para manter o desempenho produtivo do animal quando comparado ao período das águas.

suplementação proteinada para gado de corte

No verão, o pasto apresenta 10% de proteína, mas no inverno, essa taxa cai para 2%. É aí que se faz necessária então a suplementação proteinada, pois o animal necessita de, no mínimo, 6% de proteína. E o que pode te auxiliar nisso? A forma de armazenamento. Quando falamos em forragens, o ideal é que elas sejam conservadas em forma de silagem, pois quando conservadas dessa forma, apresentam até 50% de nitrogênio como Nitrogênio Não Proteico. Ao passo que, quando conservadas em forma de feno, apresentam de 10 a 20% de nitrogênio como NNP.

Por fim, por que incrementar o Nitrogênio na dieta do gado de corte?

Será a suplementação proteinada estratégica que vai garantir o melhor aproveitamento de forragem disponível, além de resultar em melhor digestibilidade da matéria seca e, por consequência, o melhor desempenho do seu gado de corte.

Como dito anteriormente, o Nitrogênio tem participação fundamental no funcionamento da microbiota ruminal. Com o funcionamento adequado, o seu rebanho pode diminuir a idade de abate, com melhor qualidade de carcaça e carne, agregando maior valor ao produto final e atendendo ás exigências do mercado de proteína animal. Importante, certo?

Garanta a facilitação do manejo com o app da Fertili

Para obter os resultados esperados com a utilização da suplementação proteinada, é necessário ter um acompanhamento de cria, recria ou engorda. E é aí que nós da Fertili entramos para te auxiliar!

Com a nossa plataforma de Otimização de Receita, você terá não apenas o controle do manejo do seu rebanho na palma da sua mão, como também poderá acompanhar indicadores de desempenho em tempo real. Todos os dados de quais você precisa para tomar as decisões corretas! Com a Fertili, você saberá o melhor momento de implementa a estratégia de Suplementação Proteinada, aumentando a produtividade, evitando gastos desnecessários e maximizando o seu lucro.

Acesse Fertili e conheça o nosso aplicativo!

Quer ficar por dentro de tudo que acontece na pecuária e receber mais conteúdos sobre a pecuária 360? Continue acompanhando o Blog da Pecuária e outros canais de relacionamento da Fertili: Grupo Pecuária Inteligente Facebook | Canal Pecuária Inteligente do Telegram | Canal do Youtube | Fertili 360 no Twitter | Fertili 360 no Instagram