Conheça o Mercado do Boi a Termo

Conheça o Mercado do Boi a Termo
Publicado em: AGRONEGÓCIO AGROPECUÁRIA BOI BOI A TERMO CADEIA PRODUTIVA PECUÁRIA CONFINAMENTO DE GADO PECUÁRIA DE CORTE

No cenário das negociações pecuárias, inúmeros são os trâmites para a compra e venda de bovinos. Contudo, para além do mais conhecido: mercado futuro do Boi gordo; a Fertili vem abordar um outro tipo de mercado, o do Boi a termo.

Antes De Tudo, O Que É Uma Operação A Termo?

Gado a TermoPresente nas negociações da Bolsa, uma operação a termo se assemelha à compra e venda a prazo. O comprador se torna dono imediato do produto/da ação, mas o pagamento é futuro, numa data acordada.

O diferencial entre uma operação a termo e as pequenas negociações diárias do meio urbano comum é a necessidade de estar atento às oscilações da Bolsa e aos indicadores econômicos.

O Mercado Do Boi A Termo

Diferente do Mercado Futuro, onde há uma necessidade de abrir uma conta em corretora associada à BM&F, no mercado do boi a termo o frigorífico assume a burocracia da transação. Além disso, o pecuarista não precisa ter fluxo de caixa para cobrir os chamados “ajustes diários” (diferença a mais entre o preço fixado e o vigente na bolsa).

O mercado do boi a termo é uma alternativa para o produtor que deseja fugir da complexidade das transações com a Bolsa e, ainda assim, ter algum seguro para o destino da sua produção.

Ainda que as negociações do boi a termo sejam menos complexas que as transitadas na Bolsa, vale ressaltar que os preços negociados continuam sendo baseados na cotação do mercado futuro.

Como Funciona?

Boi a TermoPara iniciar uma negociação, basta que o produtor procure a empresa (normalmente um frigorífico), negocie seus animais, feche um acordo de compra e venda, a data e a quantidade de arrobas que serão entregues. O valor de venda pode ou não ser decidido no ato do contrato. Isso garante ao pecuarista o recebimento do valor acordado sem que precise se preocupar com as oscilações de preço.

O segredo de uma atuação de alta rentabilidade está no controle.  É necessário que o produtor tenha ciência dos custos da sua produção no momento do acordo de preços. Por isso, a Fertili armazena as informações essenciais sobre a sua criação, otimizando-as e garantido organização e acesso quando e de onde você onde estiver.

Modalidades Do Boi A Termo

No mercado do boi a termo, existem algumas formas específicas de negociar. Estas costumam variar de frigorífico para frigorífico. Nesse sentido, a Fertili te coloca em contato com as empresas que mais se adequam ao perfil da sua produção.  As modalidades mais comuns entre os frigoríficos são:

Convencional/Fixo

Os lados chegam a um acordo com base no indicador Cepea/Esalq ( Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada/ Escola Superior de Agronomia “Luiz de Queiroz) da região para a data decidida. No dia do abate, sem depender da variação no preço da arroba, o produtor receberá o valor determinado.

O pecuarista pode também fixar o diferencial de base: a diferença entre o preço praticado em São Paulo (indicador usado para as operações a futuro) e o preço praticado na praça da unidade de entrega dos animais.

Preço Mínimo

Nessa modalidade o pecuarista estipula um valor mínimo da arroba para receber no dia do abate dos animais. Ele deve pagar por um seguro que varia de acordo com o valor estipulado. Esse pagamento só é feito depois do recebimento pelos animais abatidos. No dia da entrega, se o valor de mercado estiver acima do acordado no contrato, o produtor recebe o valor de mercado. No entanto, se a arroba estiver abaixo do preço acordado, recebe o preço mínimo fechado com o frigorífico.