O que é o ágio do bezerro e como calculá-lo? | Fertili 360

O que é o ágio do bezerro e como calculá-lo? | Fertili 360
Publicado em: CONFINAMENTO DE GADO , GADO DE CORTE , GESTÃO PECUÁRIA , PECUÁRIA DE CORTE , pecuária de recria ,

A compra e venda de animais é fator decisivo para o resultado da pecuária de corte, chegando a representar 70% do valor total do lucro da fazenda. Pensando nisso, é prudente entender quais são os cálculos implícitos nesse processo, que influenciam diretamente a margem de lucro. Nós temos na reposição da recria, por exemplo, um dos principais valores a serem calculados: o do ágio.

O que é o ágio?

De modo geral, o ágio é um valor bem comum dentro das operações financeiras. Mas aqui nós vamos estreitar o conceito e explicar para você, pecuarista de corte, o que é o ágio na recria. Ou melhor, o chamado “ágio do bezerro”. Vamos lá?

Você paga um valor x pela @ do bezerro de reposição, certo? E na hora da venda, você recebe por essa @ um outro valor. A essa diferença entre o valor pago pela @ do bezerro na hora da compra e o valor recebido pela @ do boi gordo na hora da venda, nós damos o nome de ágio. 

Mas por que é tão importante saber? 

Simples: para não comprometer absurdamente o seu lucro. Porque o que costuma acontecer no setor são cenários de ágio muito alto e a ausência do controle dessa conta. Inclusive, segundo o economista Iago Botelho, um ágio acima dos 35% já é sinal de alerta na operação. Aliado a baixa eficiência produtiva e sem medidas de diluição do ágio, é constatado o comprometimento excessivo do resultado da propriedade.

Além disso, não controlar o ágio é não saber onde estão os seus gargalos. E qual é a principal consequência disso? A busca por expandir os resultados  apenas através do desembolso não fundamentado de mais recursos, cujo efeito imediato é um só: o aumento dos custos de produção. Estamos dizendo que o investimento é errado? Não, muito pelo contrário e provaremos isso mais para frente. 

O que queremos dizer aqui é que há uma diferença grande entre investir para otimizar e investir pensando em volume. O primeiro exige a identificação da origem dos problemas e tecnologia focada em resolvê-los. Já no segundo, corremos o risco de compensar processos ineficientes com o aumento no número de animais comprados, de equipamentos, de mão de obra e etc.

Por isso, você verá a seguir como calcular o ágio do bezerro, formas de comprar melhor seus animais de reposição e estratégias para diluir esse custo inicial da reposição. Ou seja, você aprenderá a investir para otimizar.

Como calcular o ágio do bezerro? 

O nome pode até assustar, mas o cálculo não passa de uma regra de três simples. Acompanhe.

Preço da @ do Boi gordo - 100%

Preço da @ do Bezerro - x%

Se a @ do Boi Gordo for R$280,00 e a @ do Bezerro R$400,00 -substituindo os valores na equação- teremos um ágio de 42%. Entenda.

280 - 100%

400 - x%

x = 400/280*100%

x = 142%

Ou seja, 42% acima de 100%. Nesse caso, o resultado da fazenda está em cheque. Será necessário encontrar formas de compra mais eficientes e diluir o ágio na produção. 

Como comprar animais de maneira mais eficiente?

Bezerro nelore em péCenários como o de baixa oferta e demanda aquecida podem elevar os preços do bezerro e dar início a corrida por valores menores. Contudo, embora o pecuarista precise pensar em diminuir o ágio do bezerro sobre o boi gordo, a qualidade dos animais de reposição não pode ser plano de fundo. 

O fato é que a qualidade também faz parte da conta e somada às demais boas práticas, exerce um efeito compensatório sobre a produção e beneficia o resultado. É só pensar que um animal de boas características vai, por exemplo, ganhar peso mais rápido. 

Por isso, é bom manter em mente que “comprar de maneira mais eficiente” não diz respeito somente a preço, mas também a qualidade. Veja duas dicas que podem te ajudar nesse desafio. 

1. No início do ano a procura é menor

No início do ano, é normal encontrar bezerros com preços melhores do que os de abril e maio. Entretanto, encontrar uma safra de melhor qualidade nesse período pode ser mais difícil. Avalie a formação deste bezerro e se você terá pasto suficiente para reduzir o custo com suplementação, por exemplo. 

2. Dados melhoram as suas decisões

Não há receita de bolo para a pecuária. Cada propriedade tem a sua realidade e ter em mãos os resultados anteriores, os custos de produção e o lucro médio resultará em tomadas de decisão mais assertivas. Como?

Bom, é com essas informações que você vai definir o ponto de equilíbrio para o valor do gado (R$/animal), é o valor máximo que você poderá pagar por animal.

Como diluir o ágio nos custos de produção?

No mês de março de 2021, o ágio do bezerro em relação ao boi gordo ficou em 51,9%. E até o mês de junho seguia acima dos 40%. Os números são realmente preocupantes para o pecuarista de corte. Porque ao pensar no que falamos anteriormente, sobre o sinal vermelho de um ágio superior aos 35%, a atividade parece, no final das contas, cara demais para se manter.

Nesse cenário, como diluir o ágio da compra do bezerro e afrouxar a margem de lucro do pecuarista? A resposta, para a nossa surpresa, está em um outro desafio: o período de seca. Este é mais um daqueles momentos em que precisamos fazer das dificuldades a oportunidade. Até porque não temos uma outra opção.

Recria em confinamento no período da seca como solução para a diluição do ágio do bezerro

Que o período de seca é uma dificuldade para o produtor até o mais leigo sabe. Contudo, o que os últimos anos nos revelam é a intensificação dessa estação. Somamos isso aos altos valores dos bezerros e o resultado é um cenário de alto custo e margens apertadas. A solução? Trabalhar mais.

É a recria em confinamento no período de seca que muitos produtores estão encarando como estratégia para reduzir os custos da @ produzida e aumentar a sua margem de lucro. Mas vamos entender melhor como a intensificação da recria resolveria essa questão.

O objetivo dessa estratégia é comprar um bezerro de 6 a 7@, alcançar um GMD de 0,650 kg no período de 90 a 150 dias, e entregar um garrote de 9 a 10@ na entrada do período das águas. O que ampliaria as possibilidades de lucro. 

Mas será que compensa mesmo?

Bezerros em confinamento se alimentando em cochoVocê deve estar pensando agora em todos os custos embutidos nos sistemas intensificados, certo? Nós também pensamos. Os resultados a seguir levam em consideração todos os custos envolvidos: nutrição, custo operacional e compra de um bezerro de 6@, com base no valores fornecidos pelo mercado.

O custo da @ produzida a pasto na seca é cerca de 80% maior do que o custo da @ produzida no confinamento. Isso acontece porque o ganho de peso diário a pasto, numa condição de pastagem regular na seca, é muito menor do que o ganho no confinamento (0,50 kg/dia versus 0,650 kg/dia, respectivamente). É comum casos inclusive de animais que perdem peso durante esse período 

Nesse cenário a pasto, um bezerro de 6@ suplementado entra nas águas com 6,56@ (0,56 @ num período de 120 dias). Já na recria em confinamento, podemos produzir 3@ nesse mesmo período, soltando um bezerro nos pastos de águas com 9@, basicamente o peso de um garrote.

O custo final desse animal inserido dentro da estratégia de recria em confinamento passa a ser 20% menor em comparação ao sistema tradicional. E é por isso que consideramos esta uma boa forma de diluição do ágio do bezerro.

Também é melhor para o desenvolvimento do pasto

As vantagens da recria em confinamento podem ser ainda maiores. Já que manter os animais fechados durante a transição seca-águas beneficia a fase de rebrota dos pastos no início do período chuvoso. 

Sem os animais no pasto, consumindo um capim ainda não desenvolvido, a planta cresce com suas reservas energéticas preservadas. O que resulta em forrageiras mais vigorosas e em animais que voltam a pasto sem limitação do GMD. Afinal, há boa oferta de forragem.

Qual GMD “paga” o ágio?

Se você chegou até aqui, é bem provável que já tenha percebido que não é condizente com a realidade nos apegarmos a valores perfeitos, sobre o que seria um “ágio ideal” (abaixo dos 35%). Afinal, não é algo possível no cenário atual. É mais inteligente se preocupar em intensificar a produção para operar em lucro, mesmo com a alta no preço do bezerro. 

Pense comigo...Você acha que no momento exato da escrita deste artigo, as grandes propriedades estão levando prejuízo por que a @ do bezerro está saindo a R$420,00? Não estão. Elas continuam fazendo bons negócios. Por isso, controle o que é possível de ser controlado. Os preços de compra e venda são dados pelo mercado e olhar para dentro da sua propriedade é o único caminho. 

Seguindo essa linha de raciocínio, o próximo cálculo é imprescindível para você entender qual será o esforço necessário para diluir o ágio. Aprenda a calcular qual é o GMD que precisará ser alcançado para pagar essa diferença entre o preço do bezerro e o do boi gordo. Vamos prosseguir?

E então vamos aos cálculos

Vamos assumir os seguintes valores:

Boi gordo - R$300,00/@

Bezerro - R$420,00/@ 

Primeiro, calcule o ágio em reais.

Ágio por @ = preço da @ do bezerro - preço da @ boi gordo

420 - 300 = R$120/@

(40% no cálculo ensinado pelo tópico 3 “Como calcular o ágio”)

Agora, considerando um bezerro de 7@, calcule o ágio por cabeça.

Ágio por cabeça = ágio por @ x 7@

120 x 7 = R$840/cabeça

Considerando o ágio em 1 ano de recria, faça o cálculo do diário do ágio.

Diário ágio = ágio por cabeça/ período em dias

840/365 = R$2,30/dia

E finalmente vamos ao cálculo final para saber qual será o GMD que pagará o ágio.

GMD = Diário ágio/ R$/kgPV

Perceba que para finalizar o cálculo você precisará do valor correspondente ao custo de 1kg de peso vivo (R$/kg PV). Como você já deve suspeitar, não há segredo.

Valor de 1 kg de PV = preço da @ do Boi gordo/ 30 kg

R$300/@/30kg = R$10/KgPV

Por fim, é só atribuir o valor encontrado ao nosso cálculo.

GMD = R$2,30/dia/R$10/kg PV = 0,230 kg/dia

Ou seja, em um cenário de @ do boi gordo a R$300,00 e @ do bezerro a R$420,00, para diluir esse ágio de 40% a propriedade deverá contar com um ganho médio diário de 0,230 kg.

Agora a Fertili quer saber

Você tem controle sobre o ágio do bezerro? As contas e custos da sua propriedade estão na palma da sua mão para análise e implementação de estratégias que vão expandir as suas margens? Se não, é hora fazer pecuária de corte de gente grande com o nosso app 360 de Bolso: um sistema de controle pecuário simplificado e preparado para a rotina no campo.

image/svg+xml

Whoops, looks like something went wrong.

(1/1) ErrorException

file_put_contents(): Only 0 of 220 bytes written, possibly out of free disk space

in Filesystem.php line 122
at HandleExceptions->handleError(2, 'file_put_contents(): Only 0 of 220 bytes written, possibly out of free disk space', '/var/www/sitelaravel/vendor/laravel/framework/src/Illuminate/Filesystem/Filesystem.php', 122, array('path' => '/var/www/sitelaravel/storage/framework/sessions/DGWxgPSGXOF5Piw69WU3wdEOZJ1K7HfBY4ykLUhh', 'contents' => 'a:3:{s:6:"_token";s:40:"SIQxtWveFfTxk9j3IjA5a6doddDIkv5epU0GSUTb";s:9:"_previous";a:1:{s:3:"url";s:62:"https://fertili.com.br/o-que-e-agio-do-bezerro-como-calcula-lo";}s:6:"_flash";a:2:{s:3:"old";a:0:{}s:3:"new";a:0:{}}}', 'lock' => true))
at file_put_contents('/var/www/sitelaravel/storage/framework/sessions/DGWxgPSGXOF5Piw69WU3wdEOZJ1K7HfBY4ykLUhh', 'a:3:{s:6:"_token";s:40:"SIQxtWveFfTxk9j3IjA5a6doddDIkv5epU0GSUTb";s:9:"_previous";a:1:{s:3:"url";s:62:"https://fertili.com.br/o-que-e-agio-do-bezerro-como-calcula-lo";}s:6:"_flash";a:2:{s:3:"old";a:0:{}s:3:"new";a:0:{}}}', 2)in Filesystem.php line 122
at Filesystem->put('/var/www/sitelaravel/storage/framework/sessions/DGWxgPSGXOF5Piw69WU3wdEOZJ1K7HfBY4ykLUhh', 'a:3:{s:6:"_token";s:40:"SIQxtWveFfTxk9j3IjA5a6doddDIkv5epU0GSUTb";s:9:"_previous";a:1:{s:3:"url";s:62:"https://fertili.com.br/o-que-e-agio-do-bezerro-como-calcula-lo";}s:6:"_flash";a:2:{s:3:"old";a:0:{}s:3:"new";a:0:{}}}', true)in FileSessionHandler.php line 83
at FileSessionHandler->write('DGWxgPSGXOF5Piw69WU3wdEOZJ1K7HfBY4ykLUhh', 'a:3:{s:6:"_token";s:40:"SIQxtWveFfTxk9j3IjA5a6doddDIkv5epU0GSUTb";s:9:"_previous";a:1:{s:3:"url";s:62:"https://fertili.com.br/o-que-e-agio-do-bezerro-como-calcula-lo";}s:6:"_flash";a:2:{s:3:"old";a:0:{}s:3:"new";a:0:{}}}')in Store.php line 128
at Store->save()in StartSession.php line 88
at StartSession->terminate(object(Request), object(Response))in Kernel.php line 218
at Kernel->terminateMiddleware(object(Request), object(Response))in Kernel.php line 189
at Kernel->terminate(object(Request), object(Response))in index.php line 58