Os melhores cruzamentos de raças de corte do Brasil

Os melhores cruzamentos de raças de corte do Brasil
Publicado em: BOVINOS MELHORAMENTO GENÉTICO RAÇAS BOVINAS REPRODUÇÃO BOVINA

Quais são os melhores cruzamentos de raças de corte do Brasil?

Essa é uma pergunta importante se você é um pecuarista que está em busca de fazer o melhoramento genético do seu rebanho de corte para produzir mais carne, com mais rapidez e qualidade. 

Afinal, os cruzamentos de raças de corte são essenciais para o melhoramento genético do seu rebanho. Além disso, com bons cruzamentos de raças de corte é possível potencializar a produtividade da fazenda. Pois, com um rebanho com mais qualidades, o pecuarista precisará se preocupar menos com ganho e perda de peso e sanidade, por exemplo.

Portanto, aprimorar as raças de gado do seu rebanho significa uma evolução técnica da sua fazenda.

Os cruzamentos entre raças de corte no Brasil

A pecuária brasileira tem um vasto histórico de cruzamentos entre raças de corte.

A partir da seleção de animais com mais qualidades genéticas - que começa entre os melhores bovinos de uma única raça - vários pecuaristas começaram a se debruçar sobre testes de cruzamentos de raças de corte e leite. 

Nelore em cruzamentos

O foco sempre foi aperfeiçoar uma nova raça cruzando bovinos e depois selecionando os que nascessem com as melhores qualidades genéticas.

Exemplos de cruzamentos de raças de bovinos que foram sucesso são: Brangus (gado de corte) e Girolando (gado de leite).

As melhores raças de corte para cruzamentos

Confira cruzamentos de raça de corte que deram certo e melhoraram a produtividade em várias fazendas:

Brangus

A raça Brangus é a junção de uma raça zebuína (Brahman) com uma raça taurina (Angus). Aqui no Brasil, esse cruzamento também é feito com Nelore substituindo o Brahman.

A raça Brangus é um dos maiores sucessos entre os cruzamentos de raças de corte no Brasil por alguns motivos simples. E é bastante presente nas fazendas pecuárias do Rio Grande do Sul e do Pará. 

Os bovinos Brangus contém características importantes das raças zebuínas, que são bem adaptadas ao clima do Brasil e são muito rústicas, capazes de resistir aos principais parasitas e ao calor.

Por outro lado, carrega a qualidade e maciez da carne dos bovinos Angus, sem contar com a precocidade dessa raça. Assim, nasce um bovino de alta performance, capaz de produzir carne nobre com manejo mais simples. 

Senepol + Nelore

Depois de falarmos de uma raça taurina europeia com raças zebuínas e tropicais, vamos falar do cruzamento entre Senepol e Nelore. A raça Senepol é taurina, mas está acostumada com climas quentes por ser uma raça híbrida que vem de raças africanas e americanas. Raça senepol e cruzamentos de raças de corte

Portanto, as principais qualidades desse cruzamento serão ainda mais rusticidade e resistência a ambientes extremos e uma carcaça com excelente composição. 

Vale destacar também que essa cruza produz bezerros fortes e bons em conversão de forragem de baixa qualidade, não sendo necessário manejo de pasto muito especializado para lidar com essa raça. 

A pecuária de corte alavancada pela tecnologia

É importante observar o que deu à pecuária de corte brasileira tantos resultados positivos e expressividade. Em um país de histórico basicamente agrícola, a atividade pecuária só alcançou o nível de competitividade que tem hoje graças ao espírito empreendedor dos criadores de gado.

Além de se desenvolverem arduamente no mercado de compra e venda de gado, com a pesquisa e o desenvolvimento de técnicas de melhoramento genético e cruzamentos de raça de corte, a pecuária brasileira pode alcançar altos níveis produtivos e hoje figura entre uma das mais importantes do mundo.

Se você se orgulha da produção pecuária nacional e deseja ser um pecuarista ainda melhor, mais capacitado e apto para fazer a boa gestão da sua propriedade de corte, convidamos você para uma experiência que irá transformar a sua fazenda: treinamento gratuito da Metodologia 360. 

A partir desse treinamento, você irá entender como aplicar tecnologia na fazenda de corte e como ser um gestor pecuário eficiente. 

Aceita esse desafio?